DANI TRANCHESI

O meu trabalho interessa-se pelo outro, pelo vivente, lidando com a existência de maneira empática e generosa.

Ao mesmo tempo que essas fotografias abordam o humano e seu cotidiano, meu e do outro, exploram relações entre o corriqueiro e o inusitado.

Recorro aos recursos formais da fotografia digital, tais como sobreposições, colagens, achatamentos e recortes, para representar a singularidade de cada forma de viver. Eu, fotógrafa, faço parte da cena que registro e me construo a partir do outro fotografado.

Assim, entre paisagem e retrato, sujeito e objeto, minha produção registra “paisagentes”, investigando o quanto o entorno define formas de viver que existem, simultaneamente, em cada instante.

Dani Tranchesi estudou Comunicação na Escola Superior de Propaganda e Marketing e Fotografia na Escola Panamericana de Arte. Sócia da Casa Neo10, organiza workshops sobre fotografia em várias cidades do mundo. Enquanto percorre o planeta, desenvolve seu trabalho autoral que tem por base as imagens trazidas de mais de 60 países e a percepção de que este planeta é lindo pela diversidade de pessoas e culturas que o coabitam.